Categoria

Empreendedorismo

Categoria

Como usar as redes sociais a favor do seu negócio

A maioria dos empreendedores já sabe que estar presente nas redes sociais tornou-se quase uma questão de sobrevivência para as empresas. Segundo o relatório global Digital 2021, produzido pela We Are Social e a Hootsuite, 160 milhões de brasileiros utilizam a internet, 150 milhões são usuários ativos de redes sociais e mais de 100 milhões fizeram ao menos uma compra online em 2020. Em paralelo, a atividade das empresas na internet é cada vez maior. Uma recente pesquisa do Sebrae com a Fundação Getúlio Vargas mostrou que, hoje, 67% dos pequenos negócios fazem vendas online. E que as redes sociais são suas plataformas preferidas. Mas não basta criar uma página numa rede qualquer e publicar quando e o que lhe der na telha. O bom desempenho da empresa nas redes sociais depende de conhecimento do perfil de cada uma, planejamento de conteúdo, frequência e perseverança, pois os resultados não aparecem…

5 ideias de negócios em alta para você se inspirar

Um número cada vez maior de brasileiros tem se empenhado em abrir o seu próprio negócio. A maioria por necessidade, especialmente a partir do início da pandemia do coronavírus. Mas muitos, também, porque desejam fazer a diferença na sociedade e trabalhar em algo que lhes dê satisfação pessoal. Seja qual for o seu caso, empreender é enxergar oportunidades e investir tempo e recursos materiais, financeiros e humanos para explorá-las. Observe que, apesar do número expressivo de novos empreendimentos, muitas necessidades dos consumidores ainda são mal atendidas ou sequer são atendidas. E é aí que estão as oportunidades. Você pode escolher diferentes caminhos, como atender a uma demanda reprimida em determinada localidade; desenvolver um produto ou serviço novo, ou diferenciar-se e chamar atenção melhorando um produto ou serviço que já existe, por exemplo. De qualquer maneira, observar a oportunidade e pensar na solução é o começo. A partir daí, é hora…

5 motivos para você registrar sua marca agora mesmo

A marca é a identidade do negócio, seu DNA, o referencial de seus produtos ou serviços. Em muitos casos, é a grande responsável pela decisão do consumidor em comprar um determinado produto, mesmo sendo ele igualzinho ao oferecido por um concorrente. Logo, não resta dúvida de que a marca é um dos maiores patrimônios da empresa. E, como tal, precisa ser protegida com o registro. Entretanto, uma recente pesquisa do Sebrae com 4.002 micro e pequenos empresários revelou que 81% não haviam registrado suas marcas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). E as justificativas apresentadas para a falta de registro evidenciaram que ainda é grande a desinformação sobre o assunto. Diante disso, e para que se entenda melhor por que é fundamental para toda empresa registrar sua marca o quanto antes, selecionamos e explicamos 5 dos principais motivos. Confira! #1. Segurança Marca sem registro não tem dono. Você construiria…

7 dicas para encantar e fidelizar seus clientes

Seja a empresa grande ou pequena, B2C ou B2B, saber encantar e fidelizar clientes é imprescindível para que ela tenha sucesso em um mercado cada vez mais competitivo. Segundo estudo realizado pela Bain & Company e a Harvard Business School, ampliar a retenção dos clientes em 5% pode gerar um aumento de 25% a 95% nos lucros dos próximos meses. Por aí já dá para ver que vale muito a pena se empenhar na fidelização. Sem contar que é muito mais barato desenvolver ações para manter os clientes que você já tem do que investir na captação de novos compradores. Mas como fazer isso? Em pequenos negócios, muitas vezes, é algo quase intuitivo. Envolve principalmente empatia e bom senso do empresário e de seus colaboradores. Contudo, utilizar algumas estratégias ajuda bastante. Por isso reunimos aqui 7 dicas básicas para orientar você nessa jornada de encantamento e fidelização. E a partir daí…

Registro de marca é obrigatório? Descubra o que acontece se você não registrar a sua

A marca da empresa é um dos maiores patrimônios do empreendedor. Por isso mesmo, registrá-la deve ser prioridade máxima ao iniciar um negócio. O registro é a única forma de garantir a exclusividade de uso da marca e, assim, proteger os interesses da empresa. É a marca que identifica o produto ou serviço oferecido e o diferencia dos demais existentes no mercado. Apesar disso, ainda é muito comum encontrar empreendedores que deixam a providência para depois, até por acreditarem que ter o nome registrado na Junta Comercial já é o bastante. Mas não é. Para obter a propriedade da marca é preciso registrá-la no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), autarquia do governo federal responsável por avaliar e conceder todos os registros de marcas no país. Mas, afinal, o registro de marca é obrigatório? A resposta é não, o registro de marca não é obrigatório. Entretanto, quem não a registra…

Guia para abertura dos negócios: saúde, marketing e gestão

Um dia a quarentena vai passar e os empresários vão de deparar com “um novo normal”, ou seja, uma realidade parecida com a que tínhamos antes da crise sanitária do novo coronavírus, mas com alguns cuidados e regras a mais. O blog da Federal Invest preparou um guia sucinto sobre o que empreendedores dos mais diversos setores devem saber para poderem se preparar para a reabertura de seus negócios. É claro que cada realidade é uma realidade. Você pode utilizar todas as dicas ou apenas algumas conforme a realidade do seu negócio. E importante: deve-se obedecer às orientações do poder público. A palavra aqui é informação. Em relação à saúde Em escritórios Disponibilize álcool gel no ambiente de trabalho e, se possível, máscaras Aumente o espaço entre estações de trabalho Delimite o número de pessoas em áreas comuns como refeitório e vestiários Se possível meça a temperatura de funcionários e…

Conheça 6 ferramentas que ajudam a definir o seu modelo de negócio

Se você planeja abrir uma empresa, mas está com dificuldade para montar o seu modelo de negócio, o melhor caminho é utilizar uma ferramenta de gestão que torne essa tarefa mais fácil e organizada. Existem várias ferramentas na internet capazes de ajudar você. Neste post, listamos 6 delas. Conheça a seguir as características de cada uma. 1. Canvas O Canvas Business Model é uma das ferramentas mais populares para ajudar na definição do modelo de negócio ideal. Com um layout simples, o Canvas se baseia na organização visual das informações, o que facilita a discussão de ideias em grupo. Para considerar todos os fatores que envolvem uma empresa, o Canvas é separado em 9 blocos de informações: segmentos de clientes, proposta de valor, canais de venda, relação com clientes, fontes de receita, recursos-chave, atividades-chave, parceiros-chave e estrutura de custos. Ao preencher esses campos, o empreendedor se depara com dúvidas, contradições…

3 dicas básicas para quem quer entrar no mercado de franquias

De lojas de alimentação, passando por oficinas mecânicas, até agências de soluções financeiras, o mercado de franquias tem muitas oportunidades para quem quer abrir o próprio negócio. Se você está pensando em investir em uma franquia para ter o seu próprio negócio, confira as 3 dicas básicas que listamos aqui. 1. Informação é tudo Antes de começar as negocições, informe-se sobre a franquia que despertou o seu interesse. E também sobre o mercado de atuação. Faça a lição de casa, entre no site da empresa, procure notícias relacionadas ao setor, entenda como funciona o franchising e quais as vantagens oferecidas. Enfim, se seu desejo de ter um negócio é importante pra você, informar-se é fundamental. 2. A franquia escolhida está antenada com o mercado? É verdade que o que é moda no verão está ultrapassado no inverno. E não somente no mercado de vestuário. As coisas acontecem rapidamente neste século…