Categoria

Gestão e Negócios

Categoria

Pequenos negócios: como calcular os custos da sua empresa em 6 passos

Você sabe quais são os custos envolvidos no dia a dia do seu negócio? Conhecer bem os custos da empresa é essencial para definir preços, descontos e margem de lucro dos seus produtos ou serviços. Esse cálculo também é importante na hora de tomar decisões sobre investimentos em melhorias e expansão, por exemplo, ou de recorrer a uma solução financeira para aumentar o capital de giro – como a antecipação de recebíveis. Por isso, com foco principalmente em que tem um pequeno negócio ou planeja se tornar um microempreendedor, preparamos um guia básico de 6 passos para conhecer melhor, entender e controlar os custos da empresa. 1º passo: conheça muito bem o seu negócio O profundo conhecimento do seu negócio é importante para que você enxergue com clareza todos os custos envolvidos nas suas atividades. E, assim, tenha informações seguras para administrar e controlar todos os gastos gerados. 2º passo:…

Gestão de recebíveis: 6 ações para manter seu caixa no azul

A gestão de recebíveis é um dos principais processos financeiros de qualquer empresa. E sua eficiência é indispensável para manter o caixa no azul, além de dar base à programação de pagamentos, compras e reposição de estoque, ou mesmo à elaboração de planos de crescimento. Mas o que é necessário para realizar uma boa gestão de recebíveis no seu negócio? Listamos a seguir 6 dicas práticas que podem ajudar você nessa tarefa. Acompanhe! #1. Controle quando e como irá receber O ponto de partida para uma gestão de recebíveis eficiente é fazer um controle rigoroso do pagamento dos seus clientes. Você deve registrar informações como nome do cliente, contato, valor da fatura, data de vencimento e forma de pagamento. É importante também acompanhar esses registros periodicamente, identificando os clientes que pagam em dia e os que apresentam maior índice de inadimplência. E tudo isso precisa ser feito de modo organizado…

7 dicas para encantar e fidelizar seus clientes

Seja a empresa grande ou pequena, B2C ou B2B, saber encantar e fidelizar clientes é imprescindível para que ela tenha sucesso em um mercado cada vez mais competitivo. Segundo estudo realizado pela Bain & Company e a Harvard Business School, ampliar a retenção dos clientes em 5% pode gerar um aumento de 25% a 95% nos lucros dos próximos meses. Por aí já dá para ver que vale muito a pena se empenhar na fidelização. Sem contar que é muito mais barato desenvolver ações para manter os clientes que você já tem do que investir na captação de novos compradores. Mas como fazer isso? Em pequenos negócios, muitas vezes, é algo quase intuitivo. Envolve principalmente empatia e bom senso do empresário e de seus colaboradores. Contudo, utilizar algumas estratégias ajuda bastante. Por isso reunimos aqui 7 dicas básicas para orientar você nessa jornada de encantamento e fidelização. E a partir daí…

Registro de marca é obrigatório? Descubra o que acontece se você não registrar a sua

A marca da empresa é um dos maiores patrimônios do empreendedor. Por isso mesmo, registrá-la deve ser prioridade máxima ao iniciar um negócio. O registro é a única forma de garantir a exclusividade de uso da marca e, assim, proteger os interesses da empresa. É a marca que identifica o produto ou serviço oferecido e o diferencia dos demais existentes no mercado. Apesar disso, ainda é muito comum encontrar empreendedores que deixam a providência para depois, até por acreditarem que ter o nome registrado na Junta Comercial já é o bastante. Mas não é. Para obter a propriedade da marca é preciso registrá-la no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), autarquia do governo federal responsável por avaliar e conceder todos os registros de marcas no país. Mas, afinal, o registro de marca é obrigatório? A resposta é não, o registro de marca não é obrigatório. Entretanto, quem não a registra…

Como o controle de tempo afeta a sua empresa

Você vive lamentando que o dia é curto demais para tudo o que tem a fazer? Então está na hora de pensar numa forma de administrar melhor o seu tempo. E, assim, elevar a sua produtividade – seja ela pessoal ou empresarial. Para começar, é importante considerar alguns princípios básicos: identidade – a empresa, ou o gestor, deve compreender como as equipes trabalham, conhecer as melhores formas de executar seus processos e entender o tempo necessário para a sua realização; metas – é necessário estabelecer metas claras para cada objetivo, com prazo estipulado e descrição dos recursos que serão utilizados; planejamento – conhecendo a forma como a equipe trabalha e as metas que ela deve atingir, deve-se planejar como serão desenvolvidas (pessoas encarregadas, o método utilizado, as ferramentas disponíveis); organização – importante para evitar correria e contratempos, a organização é essencial para a boa gestão de tempo, assim, busque deixar tudo bem organizado, especialmente…

Como fazer a gestão das contas a pagar e receber em PMEs?

Para que uma empresa sobreviva no mercado, é essencial que faça um bom controle das suas contas a pagar e receber. Isso impacta diretamente na saúde financeira do negócio e em suas condições de prosperar em longo prazo. Não basta efetuar um grande volume de vendas e realizar os pagamentos. É preciso conhecer a fundo todas as contas, cada entrada e cada saída, para saber exatamente a situação do caixa. Com base nisso, é possível realizar um planejamento eficiente, que garanta a sustentabilidade financeira da empresa. Se você quer saber como melhorar a gestão de contas a pagar e receber de pequenas e médias empresas, continue lendo! Neste artigo, você verá dicas para melhorar o controle de contas do seu negócio. O que é o controle de contas a pagar e receber? O controle é a parte do processo de gestão empresarial que permite identificar possíveis falhas, ou mesmo o sucesso,…

Por que o diagnóstico financeiro é importante para o seu negócio?

Não há como negar que o setor financeiro é essencial para a sustentabilidade da empresa. Mas, por falta de tempo ou receio de fazer um acompanhamento constante, muitos gestores acabam deixando que ele caminhe sozinho. Se esse é o seu caso, está na hora de mudar. A importância do setor é grande demais para permitir que  fique ao acaso — especialmente em momentos de crise. Neste post, você vai entender o que é o diagnóstico financeiro, qual o seu impacto na empresa e como aplicá-lo. O que é diagnóstico financeiro? É a avaliação do desempenho financeiro e do modelo de negócios adotado pela empresa. Ele inclui o período vivido atualmente, o anterior (análise retrospectiva) e uma projeção para o período posterior (análise prospectiva). Os dados da área contábil constituem boa parte do diagnóstico, mas ele também é composto por entrevistas e impressões de fatores mais amplos. Por exemplo, o avaliador descobrirá…

5 dicas para ter um e-commerce bem-sucedido

Um dos legados que a crise da COVID-19 vai deixar será o crescimento de vendas online. Muitas empresas que não atuavam no meio digital começaram a vender remotamente e devem manter suas operações digitais quando as atividades voltarem. Se você é um dos empreendedores, confira a lista de dicas feita pelos especialistas da Federal Invest. O tempo de carregamento da página é importante Uma pesquisa do Google mostra que as páginas que não devem demorar mais de seis segundos para carregar, caso elas demorem mais para “abrir”, o internauta se cansa e deixa de acessar o site. Não esqueça dos dispositivos móveis Não tem como vender sem ter a sua página de e-commerce atualizada para e-commerce. Cheque se o design é responsivo, ou seja, que ele consegue se adaptar à vários tamanhos de tela, garantindo que o cliente consegue ter acesso à todas as informações importantes. Proporcione uma boa experiência Além de…