Categoria

Nossa história

Categoria

Federal Invest completa 26 anos

Em uma pequena sala na cidade de Registro, interior de São Paulo, nasceu no dia 1 de abril de 1994,  a Federal Invest, a maior rede de fomento comercial do Brasil. Celso e Renato Junqueira, pai e filho, tinham um capital de apenas R$14 mil e a certeza de que os empresários da região precisavam de auxílio para manterem seus negócios e conseguirem crescer. Acreditavam na importância do fomento comercial para o desenvolvimento da economia local e na geração de empregos e riqueza. E sabiam que o acesso ao crédito e financiamento, sobretudo para os pequenos empresários, era complicado e muitas vezes inacessível. E assim, começaram o negócio, atuando no setor de factoring. Do começo, na salinha do interior, há  26 anos, muita coisa aconteceu: a Federal Invest começou a atuar como franqueadora em 2002 e ampliou o leque de produtos, indo além do factoring, e se posicionando como uma agência de soluções…

Parte 3: A diversificação de produtos

O mundo é dinâmico, novas necessidades surgem o tempo todo, e é preciso se reinventar para permanecer forte no mercado. Foi o que fez a Federal Invest. Em 2014, com duas décadas de atuação e mais de 100 unidades fomentando micro e pequenos negócios em todo o país, projetou o seu Fundo de Investimento – FIDC para fazer frente à demanda e passar a atender também médias e grandes empresas. Lançado no final daquele ano, o FIDC trouxe a possibilidade de antecipar recebíveis de alto valor, abrindo as portas para clientes com faturamento mensal superior a R$ 250 mil. “Sempre tivemos uma gama significativa de empresas que nos procuravam com intenção de antecipar grandes valores. Mas muitas vezes não era possível fazer esse tipo de operação por conta de concentração”, explicou na época o então diretor do FIDC, Aldo Veneziano. Mais que um franqueado, Aldo se tornara um importante parceiro…

Parte 2: A Franquia

Interessante como os anos marcantes da Federal Invest coincidem com as conquistas do Brasil no mundial de futebol. O título do tetra, em 1994, quando a empresa estreava em campo. E o penta, em 2002, prenunciando o memorável “gol” que faria dela a primeira franqueadora de fomento comercial do mundo. “Fui a cobaia”, orgulha-se o empresário José Orlando Peroni, que em 2002 apostou na proposta de Renato Junqueira e, junto com a esposa Conceição Peroni, constituiu em Iguape, litoral sul de São Paulo, a primeira agência parceira da marca Federal Invest -até hoje uma das mais sólidas e bem-sucedidas unidades da rede. Mas não foi nada fácil trazer o casal Peroni para o time da Federal, que a essa altura seguia com uma estrutura mais sólida, reforçada principalmente pelas atuações de Ualita Numan Junqueira e Adriana Silvano, na Contabilidade, e Cíntia Junqueira, no Jurídico. Gerente de banco muito respeitado na…

Parte 1: 1994, o início

A esperança voltava a acenar timidamente a um povo calejado pela inflação galopante de até 2.700%. Era início de 1994, ano intenso em que o Brasil iria chorar as perdas de Ayrton Senna, Tom Jobim e Mussum dos Trapalhões, mas traria o tetra da copa dos EUA e ganharia o Real, a nova moeda que levou Fernando Henrique Cardoso à presidência com 54,24% dos votos já no primeiro turno. Em Registro, interior de São Paulo, o professor Celso Junqueira utilizava uma reserva financeira para socorrer amigos em dificuldades. Os pedidos de empréstimo aumentavam a cada dia, mas a informalidade da operação causava-lhe mal estar. E o desejo de regularizar a prática motivou-o a buscar, junto com seu filho Renato Junqueira, alternativas legais para atuar com crédito. Foi quando conheceram o factoring, num jornal de domingo, e viram na reportagem a resposta que procuravam. Pai e filho percorreram muitos quilômetros atrás de…