Cada vez mais as pessoas buscam parcelar o pagamento de suas compras, pois só pagando aos poucos conseguem adquirir o que precisam ou desejam. Sem essa opção, ou compram menos, ou simplesmente desistem de comprar.

Para quem vende, porém, o pagamento a prazo muitas vezes cria dificuldades, porque desequilibra o caixa da empresa, que precisa receber à vista para pagar fornecedores e quitar compromissos mensais.

Mas existe uma saída para atender tanto quem está comprando quanto quem está vendendo. É a antecipação de recebíveis, que possibilita à empresa vender a prazo e receber à vista.

Se você tem dúvidas sobre a antecipação de recebíveis, quer saber como funciona e se realmente vale a pena vender a prazo e receber à vista, continue lendo.

Você vai entender os aspectos desse processo e saber como decidir se a antecipação de recebíveis é a melhor alternativa para a sua empresa no momento.

Como as vendas a prazo impactam nas contas da empresa?

As vendas a prazo têm a vantagem de captar e manter clientes, especialmente em negócios que envolvem produtos ou serviços de maior valor, já que os consumidores nem sempre têm dinheiro para pagar à vista.

O problema é que vender a prazo impacta no fluxo de caixa e pode desequilibrar as finanças, pois a empresa corre o risco de não pagar suas contas em dia por ainda não ter recebido os valores.

Aí vêm dívidas, multas, juros, empecilhos para contratar crédito e até a dificuldade em manter seus funcionários, entre outros problemas decorrentes.

Como se vê, o prazo de concessão de crédito ao cliente impacta diretamente na gestão de contas a pagar e receber e precisa ser observado.

Por isso, quando o empresário quer oferecer prazo, mas precisa de liquidez mais rápida, é conveniente recorrer à antecipação de recebíveis.

Quais são os benefícios de antecipar recebíveis?

O maior de todos os benefícios da antecipação de recebíveis é o mais óbvio: o empreendedor não tem que esperar o pagamento dos clientes para manter suas contas em dia.

Esse processo é possível por meio de uma factoring, também chamada de agência de fomento comercial, cuja atividade principal é comprar os títulos creditórios de empreendedores que realizam vendas a prazo.

Claro que o adiantamento dos recebíveis não sai de graça. O serviço prestado e o tempo que a factoring terá de esperar para receber o pagamento dos títulos que comprou têm um custo, que é descontado do valor nominal.

Ainda assim, os benefícios de vender a prazo e antecipar recebíveis compensam, principalmente para micro e pequenos negócios que têm dificuldade em garantir capital de giro. Confira!

Equilibra o fluxo de caixa

Antecipando os recebíveis futuros, a empresa garante em caixa o dinheiro que precisa para cobrir suas obrigações de curto prazo.

Ajuda a aumentar as vendas

Com a possibilidade de facilitar as condições de pagamento para o cliente, a empresa vende mais.

Gera capital para expansão

Antecipar recebíveis é também uma forma de levantar recursos para investir em materiais, equipamentos e obras de expansão, sem o risco de ficar inadimplente.

Aumenta o poder de negociação

O empresário que paga seus fornecedores à vista tem maior poder de negociação e consegue bons descontos.

Evita empréstimos e dívidas

Vender a prazo, vender mais e receber à vista ajuda a empresa a não precisar recorrer a empréstimos quando tem que lidar com despesas imprevistas.

A antecipação de recebíveis não gera endividamento, já que o dinheiro adiantado ao empreendedor na verdade já pertence a ele.

O que avaliar para saber se vale a pena vender a prazo e receber à vista?

Ainda está em dúvida se vale a pena vender a prazo e receber à vista?

Então veja esta lista de fatores que você pode avaliar antes de tomar sua decisão.

1. A prática da concorrência

Entenda qual é a prática da concorrência para não ter perda de vendas futuras e até de mercado por não se adaptar e não oferecer opções de pagamento.

2. As características do mercado consumidor

Se o seu setor exige que as empresas concedam prazo, você não pode ficar de fora.

Invista em meios de pagamento atraentes para o cliente. Verifique se o mercado em que sua empresa atua tem a prática de descontos para vendas à vista ou se os consumidores preferem comprar a prazo.

3. A natureza do produto vendido

Outro ponto a considerar é a natureza do produto vendido. Em muitos casos, vender a prazo é uma alternativa praticamente inevitável para a empresa, já que os consumidores não têm condições de pagar o valor total dos produtos ou serviços no momento da compra.

4. A conjuntura econômica

Um dos fatores mais importantes é analisar a situação financeira da sua empresa e a conjuntura econômica do momento.

Pode ser que o seu caixa não suporte o impacto do prazo concedido e talvez seja melhor optar pelo recebimento antecipado.

5. As metas da empresa

Para decidir se vale a pena vender a prazo e receber à vista é preciso analisar as metas da sua empresa.

Se há a necessidade de investir em práticas para atrair mais clientes e fazer seu empreendimento crescer, garantir a liquidez pode ser essencial.

6. O ganho financeiro

Não se esqueça de avaliar o ganho financeiro antes de tomar sua decisão.

Como já vimos, o prazo concedido para os clientes terá impacto no caixa da empresa, além de aumentar o risco de inadimplência.

Então é importante analisar se compensa esperar e receber o pagamento fatiado, ao longo de meses, ou é bem melhor para o seu negócio que o dinheiro entre no caixa imediatamente, e de uma só vez, ainda que num valor um pouco mais baixo.

Se após essa análise você concluiu que vender a prazo e receber à vista vale a pena para o seu negócio, venha antecipar seus recebíveis na Federal Invest, a líder nacional do segmento.

Escreva um comentário